24/09/2014

Liquidação Extrajudicial da Corval - Parte 8 - Refazer o pedido de transferência?



Letra pequena? Clique no título do post que melhora. ;)

    Acabou de chegar pra mim um email da Corval pedindo pra refazer o formulário de transferência, agora com reconhecimento de firma, algo não solicitado anteriormente. E a data de envio se estendeu para até dia 26/09/14.







    Peraí que estou me recompondo.










    Ok, vamos lá.

    Eu li nas regras, não lembro se era da CVM, BM&FBovespa ou outro que, é facultativo à corretora exigir reconhecimento de firma. No entanto, é regra que a transferência só pode ser feita para o mesmo CPF. Então não adianta nada burocratizar essa merda de transferência. Os caras deviam resolver rápido, mas não, atrapalham mais ainda. Ô cacete. Gente, gente, olha meus dividendos da CEMIG que chegam dia 30.. vtnc procês.
    Transferência de custódia que eu quero ver é a transferência dos canalhas que quebraram a Corval (uma empresa de 1967), para Papuda, Pedrinhas, Osasco 1, Urso Branco e tal.





    Atualização 15 min após essa postagem: Se já foi feita a primeira solicitação de transferência, mesmo sem reconhecimento de firma, não há necessidade de reenviar. Ufa, mas faltou organização em saber quem já mandou ou não.



Acesse outros posts da saga:
Liquidação Extrajudicial da Corval - Parte 2 - a ficha começa a cair
Liquidação Extrajudicial da Corval - Parte 3 - Busca por informações e respostas


Nenhum comentário:

Postar um comentário